guia da previdência social

Saiba aqui o que é, como emitir e como pagar a guia da previdência privada

Manter o pagamento das contribuições sociais em dia é muito importante para o trabalhador autônomo, a pessoa jurídica ou qualquer indivíduo que tenha interesse em garantir seus benefícios previdenciários. Dito isso, a Guia da Previdência Social (GPS) é um documento indispensável.

Preparamos este conteúdo para que você entenda melhor o que é Guia da Previdência Social, como emiti-la, quem pode pagá-la, entre outras informações pertinentes sobre o assunto. Continue a leitura do artigo para saber mais!

O que é Guia da Previdência Social (GPS)?

É uma guia de pagamento que tem como finalidade recolher as contribuições sociais de pessoas físicas ou jurídicas pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Basicamente, a Guia da Previdência Social pode ser usada por contribuintes individuais, empresas, empregadores domésticos, segurados especiais e contribuintes facultativos.

A partir da GPS, o pagamento dos tributos é unificado e o contribuinte consegue garantir seus benefícios previdenciários. O pagamento pode ser feito diretamente em instituições bancárias, lotéricas ou até mesmo pela internet.

Como emitir a Guia da Previdência Social?

Primeiramente, para emitir a sua Guia da Previdência Social, acesse o site da Receita Federal. Depois, clique na opção “Emissão de GPS para Contribuintes”. Feito isso, você deverá escolher a opção correspondente à sua situação (se é contribuinte filiado ou após 29/11/1999). Então, insira o número de seu PIS/PASEP/NIT, digite o código de confirmação da imagem que aparecerá na tela e clique em “Confirmar”.

Agora, insira seus dados (nome, endereço e telefone) no campo 1. No campo 3, insira o código de pagamento de acordo com a tabela da Receita Federal. No campo 4, informe o mês e ano de seu nascimento e o valor correspondente ao seu salário.

No campo 5, insira o identificador usado, como PIS/PASEP/NIT, CEI ou CNPJ. No campo 6, informe o valor devido ao INSS, levando em consideração os valores de eventuais deduções e compensações.

Para preencher os campos 9 e 10, consulte as orientações da Receita, se aplicável. No campo 11, informe o valor total a ser recolhido. Ao finalizar, clique em “Gerar GPS”. Pronto! Agora você salvar o arquivo no computador/celular ou imprimi-lo.

Como pagar a GPS?

O documento pode ser pago em qualquer estabelecimento correspondente bancário, casas lotéricas, bancos ou de qualquer lugar pelo internet banking.

É possível realizar débito em conta, caso o contribuinte tenha essa opção habilitada, ou pelos aplicativos, escaneando o código de barras do boleto da Guia da Previdência Social.

Por quem pode ser feita?

Para finalizarmos, veja a seguir em quais casos é possível emitir a Guia da Previdência Social e contribuir com o INSS:

  • empresas ou empregadores – para prestação de serviço, trabalhos temporários ou quem atua em organização brasileira fora do país;
  • empregador doméstico – o indivíduo que presta serviço em residência particular;
  • pelo próprio trabalhador – muito comum no caso de profissionais autônomos;
  • opcional – o próprio indivíduo que tenha mais de 16 anos, mas não tenha renda própria, como donos ou donas de casa e estudantes (nesse caso seria contribuição facultativa)

Como você pôde conferir, a Guia da Previdência Social é indispensável para qualquer indivíduo que deseja ter seus benefícios previdenciários garantidos, independentemente de ter um vínculo empregatício, ser profissional autônomo ou empreendedor.

Este conteúdo sobre como emitir a Guia da Previdência Social foi útil para você? Então é provável que você também se interesse pelo nosso artigo É possível acumular aposentadoria e pensão do INSS?

Compartilhe

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.