planejamento previdenciário

Planejamento previdenciário: entenda a sua importâncias nos tempos de hoje!

A aposentadoria é um sonho para a maior parte dos brasileiros e muitos conseguem obtê-la com facilidade, mas para outras pessoas, especialmente as que não contribuem há muito tempo, é uma realidade bem distante.

Hoje em dia, em ambos os casos, realizar um bom planejamento previdenciário é fundamental, especialmente em razão da reforma da previdência que alterou diferentes regras e normas a respeito do assunto que afetam diretamente os segurados.

Se você deseja conhecer mais sobre o tema e descobrir a verdadeira importância do planejamento previdenciário, continue a leitura deste post que vamos apresentar todos os detalhes. Confira!

Quais foram os impactos da reforma da previdência no planejamento previdenciário?

No dia 12 de novembro de 2019 foi promulgada a Emenda Constitucional 103 de 2019, conhecida como reforma da previdência, que alterou o sistema de Previdência Social e estabeleceu regras de transição e disposições transitórias.

A nova norma gerou relevantes mudanças para a política de seguridade brasileira que alteram tanto as atuais quanto as futuras aposentadorias. Além disso, as regras de transição geraram diversas dúvidas nos segurados.

Um exemplo de mudança causada pela reforma da previdência é a exclusão da aposentadoria por tempo de contribuição, modalidade que não contava com idade mínima para aposentadoria e considerava apenas os anos de contribuição (35 anos para homens e 30 anos para mulheres).

Apesar de os novos segurados não poderem mais se aposentar nessa modalidade, ela ainda pode ser concedida àqueles que contam com direito adquirido — isso é, as pessoas que já tinham o direito de recebê-la antes de a lei ser alterada.

Esse é apenas um exemplo de mudança gerada pela reforma da previdência, sendo que existem diferentes regras de transição, como por pontuação, que servem para os segurados que estavam perto da aposentadoria, mas ainda não tinham direito adquirido.

Para saber em qual regra o segurado se encaixa é necessário realizar um estudo e análise da sua vida laboral e contributiva junto ao regime de previdência que ele está vinculado. O planejamento previdenciário, por sua vez, serve justamente para sanar essas dúvidas.

O resultado do planejamento previdenciário de proporcionar informações específicas ao segurado, sempre levando em consideração a reforma da previdência, como as seguintes:

  • data aproximada em que ele poderá se aposentar;
  • o benefício mais vantajoso para o seu caso específico;
  • se ele se encaixa em alguma das regras de transição;
  • valor aproximado do benefícios na data da concessão.

Além disso, é válido ressaltar que uma análise previdenciária pode ser útil até mesmo para as pessoas que já se encontram aposentadas. Nesse caso, o que é analisado é se o indivíduo faz jus a alguma das revisões de benefício previstas na legislação de modo a tornar a sua aposentadoria mais vantajosa.

Por que é importante saber quando se aposentar?

Saber quando se aposentar é fundamental para que o segurado garanta o melhor benefício previdenciário para a sua situação específica e, consequentemente, uma aposentadoria de valor mais alto.

Não é incomum encontrar pessoas que recebem valores de benefícios previdenciários que não são satisfatórios justamente porque elas não buscaram por uma análise detalhada e, como consequência, se privam de receber um benefício mais vantajoso. Para que isso não ocorra com você, vamos apresenta, a seguir, algumas dicas!

Crie um planejamento previdenciário

Uma pessoa que realiza um planejamento previdenciário com um especialista no assunto consegue observar todas as hipóteses de aposentadoria em que ele se encaixa e, com base nessas informações, escolher sob qual regra ele irá se aposentar.

Dessa maneira, é possível que ela programe a concessão de seu benefício de acordo com a sua condição financeira a fim de obter um benefício que satisfaça as suas necessidades.

Além disso, o planejamento previdenciário abre um leque de possibilidades. Um exemplo é que, por meio dele, o segurado consegue saber o período que ainda deve contribuir e o valor que deve ser investido para que seja possível se aposentar recebendo o teto da aposentadoria.

Assim, é fundamental que o segurado tenha ciência sobre a sua verdadeira situação previdenciária e conheça todas as possibilidades para requerer a melhor aposentadoria, ou seja, o benefício com o valor mais elevado possível.

Separe os documentos com antecedência

Os documentos são fundamentais tanto para a realização do planejamento previdenciário, pois, o especialista precisa analisá-los para observar todas as possibilidades do trabalhador, quanto para a concessão do próprio benefício.

Por isso, o ideal é não deixar para observar a documentação apenas no momento em que for requerer o benefício previdenciário, uma vez que quanto antes o segurado juntar e guardar os documentos para aposentadoria, menos complicação ele deve enfrentar no futuro.

Qual é a verdadeira importância do planejamento previdenciário e quem deve realizá-lo?

Hoje em dia, o planejamento tem ainda mais importância, uma vez que vivemos sob constantes alterações nas leis e, por essa razão, é muito importante que o trabalhador procure orientações com um advogado especialista que pode ajudá-lo da melhor maneira, pois, não é possível determinar qual é a melhor modalidade para cada caso sem antes fazer cálculos considerando todas as regras de aposentadoria.

O seu principal objetivo é fazer com que o segurado tenha acesso a informações sobre como e quando será o momento de requerer seu benefício previdenciário de aposentadoria e, ainda, que ele saiba qual será o retorno financeiro da aposentadoria.

O planejamento previdenciário pode e, inclusive, deve ser realizado por todas as pessoas, tanto as que já contribuíram por muito tempo e sabem que já estão perto da concessão do benefício quanto pelas que contribuíram menos, uma vez que as modalidades de aposentadoria que contam com requisitos diferentes — a aposentadoria programada, por exemplo, exige um período de contribuição menor em comparação com as demais, apesar de requerer uma idade mais elevada.

Assim, por meio do planejamento previdenciário se torna possível observar todos os tipos de aposentadoria vigentes para o se caso específico antes de requerer o benefício e, por meio de análise e cálculos que são realizados pelo especialista, saber qual é a modalidade de aposentadoria mais vantajosa e o melhor momento para se aposentar.

Agora que você já conhece todos os detalhes sobre o planejamento previdenciário, deve ter percebido a sua importância nos dias de hoje, especialmente em razão da reforma da previdência, não é mesmo?! Por isso, procure realizá-lo antes de requerer o seu benefício para que seja possível optar pela modalidade de aposentadoria mais vantajosa!

Se você tem interesse em realizar um planejamento previdenciário ou precisa do auxílio de um especialista, entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo!

Powered by Rock Convert
Compartilhe

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.