• Londrina: (43) 3325-1291
  • Curitiba: (41) 3013-6291
  • Telêmaco Borba: (42) 3272-6255
  • Apucarana: (43) 3122-1010
  • Maringá: (44) 3029-6283
  • Tamarana: (43) 3398-1143
  • WhatsApp: (43) 99830-2514

5 erros estratégicos que um empresário não pode cometer

advocacia marly fagundes londrina

advocacia marly fagundes londrina

Ser empresário não é tarefa nada fácil. São muitas as responsabilidade e exigências legais para conduzir um negócio e torná-lo lucrativo. Não existe uma receita para o sucesso, mas algumas práticas podem colocar em risco a saúde financeira do negócio e a paz do empreendedor.

Confira, no post de hoje, nossa lista com 5 erros estratégicos que um empresário não pode cometer e previna-se de problemas no futuro do seu empreendimento.

Quais são os erros estratégicos que um empresário não pode cometer?

1. Deixar de fazer o plano de negócio.

Em um mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, nem sempre as coisas vão sair como planejado. Mesmo assim, é fundamental realizar o planejamento estratégico do seu negócio, inclusive para saber o que não está indo bem e corrigir suas práticas.

Para conduzir uma empresa, é importante conhecer o mercado onde ela está inserida e decidir quais são os objetivos do empreendimento dentro deste cenário. Sem traçar um plano, fica difícil estabelecer metas e direcionar a empresa para alcançá-las, e esse é um dos erros estratégicos que um empresário não pode cometer.

Se o plano de negócios não foi feito logo no início, nada impede que ele seja feito o quanto antes. Aliás, qualquer planejamento precisa ser atualizado ao longo do tempo, para que a empresa possa se adaptar aos novos contextos e traçar metas renovadas.

2. Desconsiderar o capital de giro.

Toda empresa tem despesas fixas, relacionadas ao aluguel, contas de luz, telefone, pagamento de fornecedores, entre outras demandas. O capital de giro diz respeito ao montante de recursos necessário para manter essas operações e a empresa funcionando.

Você precisa ficar atento às contas do seu negócio para garantir que esses recursos estejam disponíveis a cada mês, e não fazer isso é um dos erros estratégicos que um empresário não pode cometer.

Se as vendas não estão em alta, mas o pagamento dos clientes será a prazo, leve isso em consideração para planejar seus investimentos. Caso contrário, pode ser necessário recorrer a empréstimos para fechar as contas do empreendimento.

como planejar a aposentadoria

3. Achar que o dinheiro da empresa é seu.

Não é a toa que existe a distinção entre pessoa física e pessoa jurídica. Os recursos gerados pela empresa pertencem a ela, e devem ser investidos de acordo com as necessidades do negócio.

Um bom empreendedor precisa ter disciplina financeira. Não adianta lucrar muito e, em vez de investir no crescimento do negócio, embolsar todos os valores para custear gastos pessoais.  Tal prática vai ser insustentável no futuro, com a empresa perdendo a capacidade de evoluir.

Uma dica para definir o quanto você, como dono do negócio, deve ganhar é estabelecer um salário condizente com a atividade que desempenha e o capital de giro do seu negócio.

4. Tocar o negócio sem preocupação com o regime tributário.

Definir o regime tributário para uma empresa pode ser uma tarefa complicada, já que a legislação sobre o tema é complexa e cheia de especificidades. Mas o empresário que investe em um planejamento tributário bem estruturado pode diminuir bastante os seus custos operacionais a curto e longo prazo.

O apoio de uma consultoria pode ajudar a sua empresa a pagar menos tributos, cumprindo todas as regras previstas na lei brasileira.

5. Não planejar a própria aposentadoria

A maioria das pessoas não precisa se preocupar com as melhores maneiras de contribuir para o INSS, pois as empresas que as empregam tratam de todas essas formalidades. Mas o dono do negócio nem sempre conta com um RH disponível para cuidar dessas questões.

Como empreendedor, você precisa permanecer atento à sua própria previdência. Mesmo que ainda demore muito tempo, você não estará em condições de conduzir seu negócio para sempre, e é fundamental conhecer as regras de aposentadoria e fazer sua contribuição mensal à previdência. Portanto, tenha cautela com esse, que é um dos mais comuns erros estratégicos que um empresário não pode cometer.

E você, se identifica com alguma dessas práticas? Ficou com alguma dúvida sobre os erros que um empresário não pode cometer? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima!

Advocacia Marly Fagundes e Advogados Associados

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Artigos relacionados

All articles loaded
No more articles to load