Aposentadoria: nunca é tarde para ter um planejamento

A situação mais comum que vemos é o planejamento da aposentadoria ainda na juventude, no início da vida laboral. Mas nem sempre é possível cumprir o proposto, muitas vezes pornão sobrar uma quantia considerável de dinheiro no fim do mês.

Se você também se identifica com essa situação, saiba que nunca é tarde para se planejar e se empenhar para manter o estilo de vida semelhante ao atual depois da aposentadoria. Quer saber como? Acompanhe.

Esqueça o tempo que passou

Ficar lamentando os anos que não foram incluídos em um planejamento de aposentadoria não ajuda a ter uma vida confortável quando chegar o momento de deixar de trabalhar. Por isso, o importante é ter em mente que, a partir de agora, você envidará esforços para cumprir aquilo a que vai se propor para a vida pós aposentadoria.

Faça um planejamento possível

O tempo que você tem disponível para planejara aposentadoria não é tão grande. Por isso, seja realista e trabalhe com o que tem. É improvável garantir uma renda igual ou superior à  atual, mas, com planejamento, você consegue atingir cerca de 80% dela, e manter um padrão de vida semelhante.

Para fazer um planejamento possível, considere:

  • Quanto tempo de trabalho tem;
  • Qual o valor que pode separar por mês, considerando o padrão de vida que pretende manter;
  • Inflação (que ocasionará aumento das despesas diárias);
  • Tipo de investimento que trará um melhor retorno.

Estabeleça prioridades

Pequenos gastos ou luxos podem comprometer a aposentadoria planejada mais tardiamente. Para superar o desfavor do tempo, é preciso ter disciplina e estabelecer prioridades para que, aquilo que você planejar venha a ser cumprido.

Obviamente, podem acontecer situações inesperadas que demandam uma alteração nos planos feitos, mas é sempre importante manter em mente que tudo que você faz hoje vai interferir no momento em que parar de trabalhar.

“Preciso trocar o carro ou posso apenas efetuar os reparos no atual? Devo comer fora durante todo o dia ou posso levar lanches de casa?” Essas são pequenas reflexões que, na soma, podem causar interferência no planejamento da aposentadoria.

Aproveite melhor seu tempo

Se tempo é dinheiro, quanto mais você organizar sua rotina, melhor. Quando temos um trabalho prazeroso, ficar algumas horas a mais nele, além de não ser um problema, pode contribuir financeiramente para a dinâmica da casa e para o planejamento da aposentadoria.

Claro que não se pode deixar de lado os prazeres e os hobbies, mas, de vez em quando, não é má ideia conseguir uma renda extra e aplicar no seu investimento para depois que parar de trabalhar.

Faça funcionar o planejamento da aposentadoria

Depois de planejar, e uma vez estabelecido um plano possível, que considera o montante que você pode economizar e o tipo de investimento que pretende fazer, é hora de colocar as ações em prática. Nessa fase, as prioridades e a disciplina com o tempo já estão absorvidas, e a última etapa é agir.

Trace as ações necessárias para cumprir o que foi proposto, sem nunca se esquecer de que, assim como em uma empresa, todas as estratégias precisam ser revisadas periodicamente. De nada adianta ter um planejamento se as metas não são atingidas. Um exemplo claro acontece quando fazemos uma estimativa de ganho maior do que o real, ou a situação contrária.

Por isso, esteja sempre atento à realidade e mãos à obra para planejar a aposentadoria. Qualquer dúvida, estamos à disposição! 

Powered by Rock Convert
Compartilhe

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.