como se preparar para a aposentadoria

Como se preparar para a aposentadoria? Confira 5 dicas

Você já pensou em como se preparar para a aposentadoria? Essa é uma pergunta importante, já que você precisa ter um rendimento seguro para se sustentar depois de tantos anos de trabalho. Sem um bom preparo, pode não ser possível manter o seu estilo de vida nessa fase.

Muitos trabalhadores associam esse momento da aposentadoria apenas com as contribuições previdenciárias e os benefícios do INSS, mas existem outras formas de se planejar financeiramente.

Pensando nisso, preparamos este post com cinco dicas sobre como se preparar para a aposentadoria da melhor forma. Continue lendo e saiba mais!

1. Faça um planejamento previdenciário

O primeiro passo para se preparar é fazer um bom planejamento previdenciário, para garantir o melhor benefício possível no INSS. Afinal, existem várias modalidades de aposentadoria, com regras e cálculos diferentes.

O tipo de atividade exercida, o tempo de contribuição e a sua idade são fatores que influenciam o valor recebido ao se aposentar.

Por isso, ao fazer um planejamento detalhado, você consegue encontrar as melhores alternativas para a sua aposentadoria — até para adequar o valor das contribuições pagas, caso ache necessário.

Também é interessante simular diferentes cenários para o benefício, garantindo que você encontre a melhor alternativa. Nas aposentadorias por tempo de contribuição, por exemplo, a aplicação do fator previdenciário pode reduzir bastante o benefício.

Porém, em alguns casos, com certas contribuições a mais, é possível se enquadrar na regra 85/95 e garantir o valor integral.

Outra possibilidade é a conversão do período trabalhado em atividade especial em tempo comum, o que aumenta o número de contribuições e, consequentemente, melhora as condições da aposentadoria.

Enfim, são diversos os fatores que precisam ser analisados para planejar a aposentadoria. O ideal, portanto, é contar com o suporte de um advogado previdenciário, que é o profissional indicado para analisar a atividade exercida e os seus documentos, fazer os cálculos necessários e auxiliar você nessa busca da aposentadoria ideal.

2. Trace metas e objetivos para depois da aposentadoria

Ao se preparar para a aposentadoria, também é importante traçar metas e objetivos mais específicos. O que você deseja para essa época? Qual rendimento mensal você acredita ser necessário, e quais serão as suas fontes de renda? Essas questões são essenciais.

É importante considerar todos os tipos de gastos — casa, carro, saúde, lazer etc. — para delimitar os valores necessários a uma vida confortável e segura financeiramente. Se você pretende fazer viagens, por exemplo, esses custos devem ser incluídos na hora de se planejar.

Então, com esses objetivos traçados, é hora de se organizar para atingi-los. Geralmente, para realizar os seus planos após a aposentadoria é preciso contar com outras fontes de renda, além dos pagamentos feitos pelo INSS.

Seja como for, somente identificando as suas metas é que se torna possível buscar formas de se preparar corretamente.

3. Crie uma reserva financeira

Ter uma reserva financeira é importante em todas as fases da vida. Afinal, mesmo com um bom planejamento financeiro, sempre podem acontecer imprevistos.

Em situações de emergência, o seu orçamento será prejudicado e, muitas vezes, você pode ter dificuldades para arcar com todos os custos. Por outro lado, se você contar com uma reserva, ficará mais fácil lidar com a situação e resolver o problema. E, quando o assunto é como se preparar para a aposentadoria, ela se torna fundamental.

Para facilitar, defina uma parcela dos seus rendimentos que deverá ser guardada todos os meses. Depois, determine o valor que será reservado com base nos seus gastos: preferencialmente, ele precisa ser suficiente para cobrir de 6 a 8 meses das suas despesas.

Fazendo isso, você terá mais tranquilidade quando chegar na aposentadoria. Só não se esqueça: caso seja necessário usar a reserva, volte a fazer os depósitos regulares assim que a situação se estabilizar.

4. Faça investimentos

Investir o seu dinheiro também é uma ótima forma de se preparar para a aposentadoria. Nesse caso, existem diversas opções de baixo ou alto risco, para satisfazer todos os tipos de investidores. Algumas opções que você pode analisar, são:

  • imóveis;
  • fundos imobiliários;
  • títulos públicos;
  • ações na bolsa de valores.

O ideal é contar com investimentos diversificados. Assim você dilui os riscos e consegue aproveitar os benefícios da valorização de cada um deles, sem se prejudicar nos momentos de desvalorização.

Em caso de dúvidas sobre a melhor alternativa para investir, converse com um profissional. Você pode esclarecer as principais dúvidas, avaliar os riscos e simular as possibilidades de rendimentos, escolhendo aquelas alternativas que sejam mais adequadas ao seu perfil.

5. Contrate uma previdência privada

Quando se fala em aposentadoria, é comum associarmos o benefício apenas ao INSS, com o que é previsto pelo Regime Geral de Previdência Social. Entretanto, também é possível aderir a planos de previdência privada para complementar o valor recebido.

Eles são oferecidos por seguradoras que seguem normas próprias, regidos pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), que determina as regras a serem observadas nos planos ofertados.

Sua grande vantagem é que a previdência privada permite um planejamento mais detalhado, sem os limites determinados pelo INSS. Dessa forma, é possível escolher o valor que será recebido na aposentadoria, por exemplo, para determinar quando deve ser pago, e até a frequência de pagamento.

Ela funciona como um investimento, oferecendo opções com diferentes taxas e rendimentos. Assim você consegue buscar a opção mais adequada aos seus planos após a aposentadoria.

Outra vantagem é que esses planos permitem o resgate do valor investido em caso de desistência. Vale lembrar, porém, que cada instituição tem regras e limites próprios.

Por isso, é essencial procurar diferentes opções e, se possível, contar com auxílio de um advogado para identificar as melhores alternativas para o seu caso.

Por fim, além de seguir todas estas dicas sobre como se preparar para a aposentadoria, lembre-se: comece o seu planejamento com o máximo de antecedência! Isso garantirá a você muito mais tranquilidade para analisar as alternativas e fazer as escolhas certas para o seu futuro.

Então, achou este post interessante? Aproveite agora para seguir as nossas redes sociais — Facebook e LinkedIn — e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Powered by Rock Convert
Compartilhe

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.