perícia do inss

Perícia do INSS: confira nossas dicas valiosas

Conhecer sobre o procedimento da perícia do INSS é importante para que seja possível conseguir o auxílio pleiteado. Afinal, trata-se de um procedimento obrigatório para a concessão de benefícios como aposentadoria por invalidez/por incapacidade permanente, auxílio-doença/por incapacidade temporária, entre outros.

O objetivo da perícia é verificar se o segurado de fato apresenta uma doença ou a ocorrência de algum acidente que o incapacite para o trabalho, seja de forma total ou parcial, temporária ou definitiva.

Se você tem interesse pelo tema, continue a leitura deste post que vamos apresentar dicas de como se apresentar na perícia no INSS. Confira!

Quando deve ser feita a perícia do INSS?

A perícia do INSS deve ser feita sempre que for preciso analisar a concessão, prorrogação ou interrupção de determinados benefícios previdenciários, como os relacionados com acidente, lesão ou doença.

Sempre que o segurado se enquadrar em um desses casos, inicialmente ele deve procurar por atendimento médico — momento em que deve ser elaborado um atestado determinando que ele seja afastado de suas atividades laborais.

Quando a empresa empregadora ficar sabendo desse fato, a perícia no INSS deve ser agendada para que a incapacidade do beneficiário seja constatada, nos casos em que o afastamento é superior a 15 dias. A partir desse procedimento, o empregado passa a receber auxílio-doença ou por incapacidade permanente, podendo em alguns casos ser aposentado.

Ao analisar a incapacidade de cada indivíduo, o perito do INSS deve determinar o prazo de duração do pagamento do benefício. Quando tal período acabar, é preciso fazer o pedido de prorrogação.

Na nova perícia do INSS, o médico deve analisar se a incapacidade permanece ou não. Se for constatado que o segurado está apto para voltar ao labor, o pagamento do benefício deve ser encerrado. Se a incapacidade ainda permanecer, ele deve continuar afastado e recebendo o benefício, que deve sofrer renovação.

Como se preparar para a perícia do INSS?

Agora que você já sabe quando deve ser feita a perícia do INSS, vamos apresentar, a seguir, algumas dicas que devem ajudá-lo nesse momento!

Faça o agendamento via internet

O primeiro passo deve ser realizar o agendamento da perícia, o que pode ser feito por telefone pelo número 135, presencialmente ou pela internet. O agendamento online costuma ser o mais prático e rápido, pois é possível fazer o procedimento por conta própria. Basta acessar o site do INSS, ir à opção “agendar” e seguir as instruções.

Além disso, no agendamento via internet, é fornecido um comprovante da data e horário que foram escolhidos para a perícia. Tal documento é relevante em caso de eventual falha no sistema, ausência do médico perito ou desmarcação.

Leve os documentos originais

No dia da perícia é importante que o segurado leve seus documentos originais e atualizados, como os seguintes:

  • carteira de trabalho;
  • documento de identificação com foto;
  • comprovante de endereço;
  • atestado emitido pelo médico do trabalho que ateste sua condição de saúde;
  • exames que comprovem a doença ou lesão;
  • atestado médico com o diagnóstico, quadro clínico e tratamentos do paciente;
  • receitas que indiquem a medicação usada no tratamento.

Faça o mapa de saída e chegada até o posto de atendimento estimando o tempo de trajeto

É importante comparecer no dia e hora agendados para a perícia pontualmente, pois em caso de atrasos o médico pode considerar que o segurado não compareceu e deixar de realizar a perícia na data. Para evitar possíveis atrasos, o ideal é realizar um mapa de saída e chegada até o posto de atendimento, estimando o tempo de trajeto do ponto de partida.

Dessa forma, o segurado sabe quanto tempo ele deve demorar para chegar até o local da perícia e consegue se programar, inclusive, para chegar com antecedência de ao menos 30 minutos.

Agora que você já conhece importantes dicas sobre a perícia do INSS, coloque-as em prática quando chegar a data do seu agendamento. Contudo, no momento, em razão da pandemia gerada pelo coronavírus, as perícias presenciais estão suspensas e o requerimento deve ser realizado por meio do Meu INSS.

Se você gostou de conhecer mais sobre a perícia do INSS, assine nossa newsletter para receber em seu e-mail mais orientações e conteúdos relevantes!

Compartilhe

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.