• Londrina: (43) 3325-1291
  • Curitiba: (41) 3013-6291
  • Telêmaco Borba: (42) 3272-6255
  • Apucarana: (43) 3122-1010
  • Maringá: (44) 3029-6283
  • Tamarana: (43) 3398-1143
  • WhatsApp: (43) 99830-2514

Você sabe como pagar INSS retroativo? Aprenda aqui!

Você sabe como pagar INSS retroativo? Aprenda aqui!

Você sabe o que é e como pagar INSS retroativo? Manter a contribuição em dia junto à Previdência Social é de extrema importância para garantir o direito aos benefícios previdenciários, como por exemplo: a aposentadoria, auxílio-doença/acidente e pensão por morte.

A sua contribuição, quando recolhida corretamente, influencia muito na sua aposentadoria por tempo de contribuição, no entanto, nem sempre é possível contribuir regularmente, assim, para manter em dia os recolhimentos, é possível, que você procure o INSS para efetuar os recolhimentos retroativos.

Para ajudar você a compreender como e quem precisa pagar o INSS atrasado, preparamos este artigo. Confira!

 

Quem precisa pagar o INSS retroativo?

O INSS retroativo é o pagamento das contribuições que, por algum motivo, não foram quitadas no período certo. Com isso, se você está pensando em se aposentar, mas deixou de contribuir para a Previdência Social em algum momento da sua vida, há possibilidade de fazer o pagamento para que seja contabilizado no cálculo. No entanto, só terá direito a essa oportunidade quem atender os requisitos a seguir. Acompanhe!

 

Contribuinte individual

O contribuinte individual, também conhecido como trabalhador autônomo, é aquele indivíduo que trabalha por conta própria.

As pessoas que se enquadram nesse regime poderão pagar INSS retroativo de qualquer época, desde que comprove o efetivo exercício da atividade durante o período em débito.

Caso tenha deixado de contribuir por mais de cinco anos, para conhecer o valor que deverá pagar, será necessário apresentar a documentação comprobatória, para fazer a média do salário que recebia na época, acrescido de juros e multas.

Contribuinte facultativo

O contribuinte facultativo, é aquele que não exerce atividade remunerada, mas paga o INSS para garantir os benefícios da previdência.

Nesse caso, somente poderá fazer o pagamento retroativo, caso o atraso não seja maior do que seis meses.

Quem não precisa pagar o INSS retroativo?

Há situações em que não é você quem paga o INSS retroativo. São os casos de:

  • empregados com carteira assinada;
  • trabalhos feitos para pessoa jurídica;
  • empregados rurais de antes do ano de 1991.

Como fazer o cálculo do retroativo?

Para fazer o cálculo e conhecer o valor do seu INSS retroativo é preciso saber se as suas parcelas estão vencidas há menos de cinco anos ou mais.

Caso a sua contribuição atrasada não ultrapasse o período superior de cinco anos, você pode calcular o valor que deverá pagar por meio de Um programa simulador de INSS, o qual pode ser encontrado no site da Receita Federal, assim, já serão acrescidos os juros e multas.

E nos casos de atrasos de contribuição superior a cinco anos, o valor que você deve pagar de INSS retroativo é calculado levando em consideração 80% das contribuições de valor mais alto que já efetuou. Após isso, será acrescido 20% sobre o resultado para o acréscimo dos juros e multas.

Caso tenha dificuldades em encontrar as informações ou fazer o cálculo, o indicado é que você contate um advogado especializado em previdência, ele será a melhor pessoa para ajudá-lo nesse momento.

Como fazer o pagamento do INSS retroativo?

Para pagar INSS retroativo é preciso que você comprove que exerceu atividade remunerada no período em questão. Para isso, é preciso que você reúna toda a documentação necessária e faça um agendamento para ir até uma agência da Previdência Social. Isso pode ser feito por telefone ou por meio do portal Meu INSS.

Para comprovar que trabalhou durante o período que não contribuiu, é preciso os seguintes comprovantes:

  • documento de inscrição na prefeitura (em caso de autônomos ou trabalhadores individuais);
  • notas fiscais;
  • contratos de trabalho;
  • imposto de renda;
  • recibos.

É muito importante que você, enquanto trabalhador, regularize a sua situação o quanto antes para ter direito aos seus benefícios que são garantidos e previstos em lei.

Além disso, quanto mais tempo demorar para agendar os seus pagamentos atrasados, mais alta será a porcentagem de multa aplicada. Então, certifique-se de que está deixando as suas contas em dia para não ter que arcar com gastos altos e desnecessários.

Após agendamento, apresentação da documentação e aprovação pelo setor de benefícios do INSS, você receberá uma guia para recolhimento dos valores e, assim, poderá continuar contribuindo normalmente.

Pagar INSS retroativo é a chance de você garantir a sua aposentadoria e demais benefícios disponibilizados pelo INSS em casos que, por algum motivo, tenha interrompido a sua contribuição.

No entanto, é preciso ficar de olho nos requisitos, tempo de atraso e documentação necessária para dar entrada no processo de requerimento.

Percebeu como ficar em dia com a sua contribuição é essencial para garantir os seus benefícios? Para ficar por dentro de dicas e informações sobre direitos e deveres previdenciários, assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos em primeira mão no seu e-mail!

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Artigos relacionados

All articles loaded
No more articles to load